Integração corpo-mente-instrumento na arte musical: aspectos cognitivos e sua significância segundo o entendimento de músicos brasileiros

Maria Beatriz Licursi, Elsa Morgado, Mário Aníbal Cardoso, Levi Leonido

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Nesta investigação, fruto da tese de doutoramento, salientamos o estudo da neurociência em seus respetivos tópicos pertinentes à arte musical vinculados à integração corpo-mente-instrumento. Nossa definição do problema realizou um inquérito a respeito da compreensão dos músicos sobre os processos cognitivos, motivacionais e emocionais integrados corporalmente bem como a realização da performance musical. De acordo com o nosso objetivo geral, avaliamos as percepções dos profissionais sobre o papel do corpo na execução musical, determinando o problema. Foram aplicados questionários fechados utilizando a escala Likert em paralelo ao questionário de opiniões com abordagem qualitativa cuja avaliação empregou o método Bardin de análise de conteúdo. A hipótese geral foi a de que se encontra presente na percepção dos músicos desde a sua formação a ideia de que a performance musical é otimizada pela integração corpo-mente-instrumento. Validadas as dez hipóteses levantadas comprova-se que os aspectos cognitivos são importantes para a integração corpo-mente-instrumento, na arte musical.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)24-41
Número de páginas18
RevistaERAS : Revista Europeia de Estudos Artisticos
Volume10
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - jun 2019

Keywords

  • Neurociência
  • Cognição musical
  • Perceção dos músicos
  • Performance

Citação