Intimate and political – uses of embroidery and textile in contemporary Portuguese art

Título traduzido da contribuição: Íntimo e político: usos do bordado e to têxtil na arte contemporânea portuguesa

Resultado de pesquisarevisão de pares

19 Transferências (Pure)

Resumo

Neste artigo se propõe-se uma abordagem de artistas portugueses nos quais o uso do bordado e do têxtil introduz uma dimensão experimental das técnicas tradicionais, e interroga os marcos culturais estabelecidos. Nele são exploradas práticas íntimas de sentido autobiográfico e de posições feministas. Alguns revelam um domínio técnico inegável, outros preferem o deskilling de caráter poético ou a apropriação. Além dos artistas da pintura, da escultura ou da joalharia, e de diferentes gerações, mas com trabalho contemporâneo, o artigo trata pro-postas de amadores que utilizam o bordado com a função de homenagem. Assim, pretende ampliar o universo geográfico e cultural coberto por la bibliografia.
Título traduzido da contribuiçãoÍntimo e político: usos do bordado e to têxtil na arte contemporânea portuguesa
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)150-179
Número de páginas30
RevistaH-ART. Revista de historia, teoría y crítica de arte
Número de emissão6
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - jan. 2020

Keywords

  • Artistas portugueses
  • Bordado
  • Têxtil contemporâneo
  • Arte feminista
  • Práctica autobiográfica

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Íntimo e político: usos do bordado e to têxtil na arte contemporânea portuguesa“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação