Knowledge production in visual arts organisations: a case study on the triangle network

Sofia Ana Elise Steinvorth

Resultado de pesquisarevisão de pares

2 Transferências (Pure)

Resumo

A presente investigação pretende avançar com duas questões centrais: (1) o que significa a produção de conhecimento no contexto da prática de curadoria contemporânea e (2) como é que as VAOs cumprem este objetivo através dos seus programas. Em certa medida, o inquérito sobre a segunda questão fornecerá informações sobre a primeira. Analisando as organizações de artes visuais (VAOs) a partir de uma perspetiva curatorial, destacam-se as práticas institucionais de produção de conhecimento entre os âmbitos local e global. Com foco em três das organizações parceiras da Triangle Network – HANGAR em Lisboa, Gasworks em Londres e 32º East em Kampala – são definidos e elaborados três meios de produção de conhecimento em VAOs: mediação, representação e convívio. Este estudo sublinha a coexistência de diferentes tipos de conhecimento, insistindo na sua importância.
Idioma originalEnglish
Local da publicaçãoLisboa
EditoraUniversidade Católica Editora
Número de páginas193
Edição1
ISBN (eletrónico)9789725409152
ISBN (impresso)9789725409145
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - jun. 2023

Série de publicação

NomeThe Lisbon Consortium T(h)ESES

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Knowledge production in visual arts organisations: a case study on the triangle network“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação