La forza dello sguardo incontentabile: l'antropologia e l'esperienza religiosa nel Decalogo di Kieslowski

Andreas Gonçalves Lind

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Passados já mais de vinte anos desde a sua estreia em 1989, a serie Dekalog de Kieslowski possibilita, no meu entender, repensar a presença do elemento religioso num mundo secular, como o de hoje. Nesse sentido, procurarei aqui ilustrar como a produção Dekalog revela, por um lado, que a religiosidade é intrínseca à natureza humana e, por outro, que num mundo cada vez mais secularizado, Deus se faz presente principalmente através da sua ausência, uma inquietude existencial que o ser humano sente, experimenta e vivencia.
Idioma originalItalian
Páginas (de-até)755-774
RevistaRevista Portuguesa de Filosofia
Volume69
Número de emissão3-4
Estado da publicaçãoPublicado - 2013
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Conversão
  • Experiencia de solidão
  • Inquietude existencial
  • Religiosidade

Citação