Literary heritage and European identity

Título traduzido da contribuição: Património literário e identidade europeia

Resultado de pesquisarevisão de pares

3 Transferências (Pure)

Resumo

A Utopia de Thomas Morus, Os Lusíadas de Luís de Camões ou Nathan o Sábio de Gotthold Ephraim Lessing fazem parte do património europeu, mas são preferencialmente lidos nos seus limites linguísticos nacionais. Torna-se necessário reconhecer como estes textos contribuíram para a construção de uma identidade europeia partilhada, incluindo conceitos como o pensamento crítico, a relação com culturas não-europeias ou a tolerância. O artigo sugere uma leitura transnacional destes textos como agentes de promoção de uma identidade europeia.
Título traduzido da contribuiçãoPatrimónio literário e identidade europeia
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)31-40
RevistaRever
Volume18
Número de emissão3
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2018

Keywords

  • Comunidades imaginadas
  • Património literário
  • Identidade europeia
  • Tradução

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Património literário e identidade europeia“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação