Lutero e a Cruz. Raízes, chave hermenêutica e posteridade de um tema teológico

Resultado de pesquisarevisão de pares

3 Transferências (Pure)

Resumo

A investigação sobre Lutero (Lutherforschung) tem procurado uma chave hermenêu-tica para a complexidade da sua biografia e, especialmente, da sua teologia. Dada a atenção que veio a merecer, tornara-se comum assumir a doutrina luterana da jus-tificação como esse eixo que atravessaria e estruturaria o seu pensamento e legado. Todavia, a investigação mais recente, sobretudo após o estudo de W. von Löwenich Luther’s Theologia Crucis (1929), vem encontrando na staurologia do grande reforma-dor alemão a chave da sua teologia. Num exercício de introdução teológica, proporei a “teologia da cruz” como chave de interpretação do pensamento de Lutero, procurando: 1. contextualizar tal acentuação teológica no discurso cristão (raízes); 2. mostrar que a lógica da cruz subjaz aos grandes temas do seu pensamento e obra (chave herme-nêutica); e 3. indicar como tal perspectiva se perpetuou no discurso teológico até aos nossos dias (posteridade).
Título traduzido da contribuiçãoLuther and the Cross. Roots, hermeneutic key and posterity of a theological theme
Idioma originalPortuguese
Título da publicação do anfitriãoMartinho Lutero e Portugal
Subtítulo da publicação do anfitriãodiálogos, tensões e impactos
EditoresEdite Martins Alberto, Ana Paula Avelar, Margarida Sá Nogueira Lalanda, Paulo Catarino Lopes
EditoraEditora Húmus
Páginas23-35
Número de páginas13
ISBN (impresso)9789897554261
Estado da publicaçãoPublished - out 2019

Keywords

  • Lutero
  • Teologia da Cruz
  • Staurologia
  • Teologia dialéctica
  • Teologia da libertação

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Lutero e a Cruz. Raízes, chave hermenêutica e posteridade de um tema teológico“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação