Metáfora conceptual e ideologia: o caso do discurso das políticas de austeridade na imprensa portuguesa

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Este trabalho estuda a conceptualização metafórica das políticas de austeridade na imprensa portuguesa e seu propósito ideológico. A análise se apoia em um corpus de notícias e artigos de opinião publicados entre junho e julho de
2011, após a entrada de Troika, em maio de 2013, quando protestos contra políticas de autoridade se intensificaram. O estudo adota uma visão sociocognitiva da linguagem seguindo a promissora convergência entre Linguística Cognitiva e Análise Crítica do Discurso, com uma abordagem à metáfora conceptual centrada no corpus e no discurso. Usando o método do domínio alvo para a identificação da metáfora com base no corpus, foram coletadas 1.151 expressões metafóricas relacionadas à austeridade associadas a oito lexemas alvo, que incluem as metáforas conceptuais de grande cadeia do ser, de esquemas imagéticos e de evento/ação. Houve um grande aumento de sentido negativo destas metáforas entre 2011 e 2013. A análise revela a força persuasiva e manipuladora de certas metáforas, como a de obesidade/dieta, família endividada, bom aluno e sacrifício. Estas metáforas socialmente corporificadas se fundamentam em modelos culturais morais e servem
a propósitos ideológicos, emocionais e morais.
Idioma originalPortuguese
RevistaInvestigações
Volume28
Número de emissão2
Estado da publicaçãoPublished - 2015

Keywords

  • Metáfora conceptual
  • Ideologia
  • Linguística cognitiva
  • Análise crítica do discurso

Citação