Mito e remitização em Raimon Panikkar

Resultado de pesquisarevisão de pares

18 Transferências (Pure)

Resumo

O mito constitui um dos eixos fundamentais da reflexão e obra de Raimon Panikkar. Tal facto tem de ser considerado num contexto mais amplo de recuperação do mito e de debate em torno da desmitologização. Panikkar, todavia, aborda o tema de uma forma original, forma essa que passa: (1) pela proposta de uma noção sui generis de mito como horizonte de sentido e inteligibilidade; (2) pelo contraponto que estabelece entre mythos e logos, elemento essencial na sua denúncia do monismo lógico dominante na cultura ocidental; (3) pela proximidade conatural entre mito e símbolo; e (4) pela verificação de uma mobilidade e plasticidade próprias do mito, que faz com que se fale de «transmitização» e «remitização» em vez de desmitologização. No presente artigo procuro expor estes quatro tópicos do pensamento de Panikkar sobre o mito.
Título traduzido da contribuiçãoMyth and remitization in Raimon Panikkar
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)203-219
Número de páginas17
RevistaDidaskalia
Volume45
Número de emissão2
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jun. 2015

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Mito e remitização em Raimon Panikkar“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação