Monthly analysis of infant mortality rate in Portugal during the COVID-19 pandemic: insights from continuous monitoring

Título traduzido da contribuição: Análise mensal da taxa de mortalidade infantil em Portugal durante a Pandemia de COVID-19: perceções a partir da monitorização contínua

Paulo Jorge Nogueira*, Catarina Camarinha, Rodrigo Feteira-Santos, Andreia Silva Costa, Miguel De-Araújo-Nobre, Leonor Bacelar-Nicolau, Cristina Furtado, Cecília Elias

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

Introdução: A pandemia da COVID-19 teve um impacto significativo na saúde pública mundial. A taxa de mortalidade infantil (TMI), uma estatística vital e indicador-chave da saúde geral de uma população, é essencial para o desenvolvimento de programas de prevenção eficazes no sector da saúde. Evidências existentes indicam uma diminuição da TMI durante a pandemia da COVID-19. Realizou-se uma análise a nível nacional para calcular a TMI e descrever a sua evolução ao longo dos anos (de 2016 até 2022) usando uma análise mês a mês. Métodos: Os dados sobre o número de óbitos com menos de um ano de idade foram obtidos do Sistema de Certificação Eletrónica de Óbitos (SICO) e os dados sobre o número de nascimentos mensais foram obtidos a partir do Instituto Nacional de Estatística. A taxa de mortalidade infantil (TMI) foi calculada por mês, considerando o número acumulado de óbitos com menos de um ano de idade e o número de nascidos vivos nos 12 meses anteriores. Resultados: Em Portugal, a TMI diminuiu antes e durante a pandemia da COVID-19. Os valores mais baixos foram observados em setembro e outubro de 2021 (2,15 e 2,14 por 1000 nascimentos vivos, respetivamente). A TMI permaneceu abaixo do limiar de três mortes por 1000 nascimentos vivos durante o período crítico da pandemia. Conclusão: Portugal alcançou um progresso notável na redução da sua TMI ao longo dos últimos 60 anos. O país registou os valores mais baixos de sempre da TMI durante a pandemia da COVID-19. Estudos adicionais são necessários para compreender completamente as tendências observadas.
Título traduzido da contribuiçãoAnálise mensal da taxa de mortalidade infantil em Portugal durante a Pandemia de COVID-19: perceções a partir da monitorização contínua
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)247-250
Número de páginas4
RevistaActa Medica Portuguesa
Volume37
Número de emissão4
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 20 mar. 2024

Keywords

  • COVID-19
  • Mortalidade infantil
  • Pandemia
  • Portugal
  • Recém-nascido

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Análise mensal da taxa de mortalidade infantil em Portugal durante a Pandemia de COVID-19: perceções a partir da monitorização contínua“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação