O açúcar que comes quando bebes: impacto de uma estratégia de consciencialização

João Lima, Catarina Augusto, Joana Gaspar, Teresa R. S. Brandão, Ada Rocha

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Transferências (Pure)

Resumo

A obesidade é um dos problemas de saúde mais graves, a nível mundial. A procura de soluções para a designada epidemia do século XXI contínua, sendo que a relação entre o consumo de bebidas açucaradas e o peso corporal tornou-se uma questão pertinente. Avaliar o impacto de uma estratégia de consciencialização sobre o teor de açúcares simples presentes num conjunto de bebidas disponibilizadas na cafetaria de um estabelecimento de ensino. Foram analisadas as vendas de um conjunto de bebidas antes e após a intervenção. A intervenção baseou-se na afixação de um expositor com as bebidas e a representação da quantidade de açúcares simples, em açúcar, sob o mote O açúcar que comes quando bebes". Procedeu-se a uma análise das proporções das vendas, com um intervalo de confiança a 95%. Após a análise estatística dos rácios foi observada uma redução estatisticamente significativa no número de unidades vendidas, após a intervenção, de refrigerantes do tipo cola e das bebidas gaseificadas. Além disso, houve um aumento no número de unidades vendidas, com significância estatística, de néctares de frutas, chá/infusões e leite de chocolate. A intervenção na cafetaria da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra foi bem sucedida tendo-se verificado uma redução efetiva das vendas de bebidas açucaradas.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)18-22
Número de páginas5
RevistaActa Portuguesa de Nutrição
Número de emissão4
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - mar 2016

Keywords

  • Açúcar
  • Bebidas açucaradas
  • Estratégia de consciencialização
  • Obesidade

Citação