O "dicionário do povo" na linguagem e na metalinguagem de Camilo

Resultado de pesquisarevisão de pares

4 Transferências (Pure)

Resumo

Camilo Castelo Branco manifesta, em vários passos da sua obra ficcional, a admiração pelo falar do povo das províncias do norte. O contacto direto com as gentes de Trás-os-Montes e Minho constituiu, com efeito, uma das fontes principais da sua riquíssima formação linguística, aliada à leitura profícua dos clássicos portugueses. É nosso objetivo resenhar e analisar os comentários metalinguísticos dos narradores camilianos sobre termos e locuções populares, quer nas falas das personagens, quer no próprio discurso narrativo. Procuraremos, por outro lado, indagar sobre as motivações epocais e individuais que estão na base dessa defesa teórica e prática de Camilo relativamente à língua do povo.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)6-20
Número de páginas15
RevistaOlho d'Água
Volume15
Número de emissão1
Estado da publicaçãoPublicado - 2023

Keywords

  • Camilo Castelo Branco
  • Comentário metalinguístico
  • Linguagem popular
  • Romantismo
  • Realismo

Citação