O direito fundamental à retribuição: em especial, o príncipio a trabalho igual salário igual

Resultado de pesquisa

Resumo

A leitura do direito fundamental à retribuição consagrado em 1976 não pode ignorar, quarenta anos volvidos, as profundas transformações que têm ocorrido no mundo laboral. A revisitação do direito fundamental à retribuição impõe que se distingam três dimensões: retribuição proporcional à quantidade, natureza e qualidade do trabalho; retribuição conforme ao princípio trabalho igual salário igual; e retribuição suficiente. Em especial, num mundo laboral tão heterogéneo, a articulação entre o princípio da igualdade salarial e os princípios da autonomia privada, da liberdade de empresa e da contratação coletiva impõe a adoção de soluções diferenciadas, devendo ser matizada a afirmação da aplicabilidade direta do princípio trabalho igual, salário igual nas relações laborais entre particulares.
Idioma originalPortuguese
EditoraUniversidade Católica Editora
Número de páginas128
Edição1
ISBN (impresso)9789725405314
Estado da publicaçãoPublished - nov 2016

Citação