O ensino da Conservação e Restauro e os problemas de articulação curricular: o caso do Instituto Politécnico de Tomar

António João Cruz, Maria Teresa Desterro

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Citação (Scopus)

Resumo

A formação que dá acesso à profissão de conservador-restaurador, neste momento, implica a frequência consecutiva de dois cursos - o de licenciatura e o de mestrado. Esta situação coloca um conjunto de problemas relacionados com as licenciaturas que dão, ou devem dar, admissão ao mestrado. Estes problemas são aqui discutidos com base na experiência do Instituto Politécnico de Tomar (Portugal).
Título traduzido da contribuiçãoThe Conservation and Restoration courses and the problems of curricular articulation: the case of the Polytechnic Institute of Tomar
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)97-101
Número de páginas5
RevistaConservar Patrimonio
Número de emissão23
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - jun. 2016
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Conservação e restauro
  • Ensino
  • Mestrado
  • Acesso
  • Profissão

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “O ensino da Conservação e Restauro e os problemas de articulação curricular: o caso do Instituto Politécnico de Tomar“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação