O homem de Preto

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

O momento decisivo da vida do narrador do conto inacabado O Peregrino, escrito em 1917, éum encontro com um estranho homem de preto. Essa breve interacção reactivainstantaneamente uma melancolia antiga e precipita a decisão de partir de casa dos pais emperegrinação. À luz de algumas das considerações feitas por Freud em Das Unheimliche (1919),assim é porque tal interacção se lhe apresenta como a revisitação de uma qualquer unidadepsíquica primordial, há muito desaparecida. Neste artigo, não só defendo que a história desteperegrino é uma alegoria da crise psíquica sentida por Pessoa a partir de meados de 1914,precisamente após a criação heteronímica, como sugiro que o aparecimento de Alberto Caeiro(e sucessiva companhia) é sistematicamente interpretado por Pessoa como uma revisitaçãodessa ordem.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)63-85
Número de páginas23
RevistaEstranhar Pessoa
Número de emissão9
Estado da publicaçãoPublicado - out. 2022
Publicado externamenteSim

Keywords

  • Homem de Preto
  • Freud
  • Armando Côrtes-Rodrigues
  • O Homem de Porlock
  • Heteronímia

Citação