'Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou' (Jo 14,27). Testemunho e desafios da Escritura

Resultado de pesquisa

Resumo

Todo o leitor, crente ou não, conhece que a Sagrada Escritura transporta no seu interior uma extraordinária travessia onde Deus e o ser humano tecem uma História de Salvação constantemente amassada no barro da fragilidade e vivificada no sopro divino. Nesta História, a paz e o conflito entre Deus e o ser humano e os seres humanos entre si são omnipresentes.
Reconhecer esta dimensão da Revelação Bíblica deve refocalizar constantemente a na nossa compreensão do mundo, da justiça e da paz. Tendemos a viver projetados no desejo de um paraíso perdido. Muitos de nós desconhecemos a riqueza da semântica bíblica da paz e do conflito. Isto explica porque é que tendemos a minimizar o testemunho que as Escrituras nos oferecem, como um modo de aprendizagem notável na construção de horizontes de reconhecimento e transformação. Parece-me que sem eles é impensável enfrentar o conflito e acolher a paz verdadeiramente como um dom de Jesus Cristo.
A minha proposta é de trazer à nossa reflexão este testemunho das Escrituras, ainda que muito brevemente. Dividi a minha apresentação em dois momentos. O primeiro expõe um estudo da semântica de alguns termos bíblicos e de narrativas importantes, onde a paz e o conflito interagem. No segundo momento; vou centrar-me em algumas narrativas bíblicas que nos possam conduzir na construção de horizontes de transformação e de resolução do conflito. Considero estes dois momentos cruciais na consolidação da nossa compreensão dos apelos de Jesus Cristo e do seu dom da paz, como o grande centro cristão de uma cultura da paz.

Every reader, whether a believer or not, knows that Holy Scripture carries in itself an extraordinary crossing over, where God and the human being interweave a History of Salvation, constantly fashioned from fragile earth and vivified with the breath of the Spirit. In this History, peace and conflict between God and human beings, and among human beings themselves, are ever-present.
To recognize this dimension of biblical revelation we need to refocus our understanding of the world, justice and peace constantly. We are inclined to live always looking for a lost paradise. Many of us are unaware of the rich and profound biblical semantic found in the terms/narratives of peace and conflict. This explains why we tend to minimize the witness that the Scriptures offer us, as a remarkable way of learning to construct horizons of recognition and transformation. I propose that without these horizons it is impossible to face conflict and embrace peace, truly as a gift of Jesus Christ.
My proposal is to bring to our reflection this witness of the Scriptures. The presentation is divided into two parts. The first offers a study of the semantics of particular terms and narratives where peace and conflict intersect. In the second part, I will focus on biblical readings that can guide us in constructing horizons of transformation and conflict resolution. I consider these two moments crucial in strengthening our understanding of the call of Jesus and his gift of peace, central to Christian culture of peace.
Título traduzido da contribuição'Peace I leave with you; my peace I give to you' (Jn 14:27). Witness and challenges of the Scripture
Idioma originalPortuguese
Título da publicação do anfitriãoCultura da paz num mundo em conflito
EditoresDom Joel Portella Amado, Pe. Leonardo Agostini Fernandes
Local da publicaçãoRio de Janeiro
EditoraLetra Capital Editora
Páginas69-88
ISBN (impresso)9788577855247
Estado da publicaçãoPublished - 2017

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “'Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou' (Jo 14,27). Testemunho e desafios da Escritura“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação