Percepção dos pais em relação à inclusão de crianças com Necessidades Educativas Especiais no ensino regular

Elisabete Matos Freitas, Luísa Novais Arroja, Paula Magalhães Ribeiro, Paulo César Dias

Resultado de pesquisarevisão de pares

5 Transferências (Pure)

Resumo

O papel dos pais no processo de inclusão de crianças com necessidades educativas especiais é fundamental, seja no apoio familiar, seja desmontando mitos e criando um contexto favorável à experiência e à proximidade entre todas as crianças. O objetivo deste trabalho é, assim, conhecer as percepções dos pais relativamente à inclusão, assim como os fatores que as influenciam. Para isso, foi aplicado um inquérito a 300 pais, com filhos com e sem necessidades educativas especiais. Os resultados permitiram perceber atitudes genericamente positivas, sem diferenças relativamente ao gênero e ao fato de serem pais de crianças com necessidades educativas especiais. Contudo, as variáveis idade, escolaridade e proximidade/contato pareceram influenciar a percepção em relação à inclusão de crianças NEE. Assim, os pais com atitudes mais favoráveis à inclusão tendem a ser os mais novos, com maior escolaridade e que tiveram proximidade/contato com criança NEE. Os resultados são discutidos em função da literatura.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)443-458
RevistaRevista de Educação Especial
Volume28
Número de emissão52
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2015

Keywords

  • Inclusão
  • Pais
  • Percepção
  • Educação especial

Citação