Perfis de carreira: exploração vocacional, adaptação acadêmica e personalidade

Liliana Faria*, Joana Carneiro Pinto, Maria do Céu Taveira

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

1 Citação (Scopus)
15 Transferências (Pure)

Resumo

Analisa-se a relação entre os processos de exploração vocacional, adaptação acadêmica e personalidade para identificar perfis de carreira. Participaram 115 estudantes, 72 mulheres e 43 homens, frequentando o 1º ciclo do ensino superior português. Aplicaram-se o Career Exploration Survey, o Academic Adjustment Questionnaire e The Revised NEO Personality Inventory, tendo sido identificados dois perfis distintos de atuação e vivência da carreira. O perfil conformista apresenta níveis negativos nas crenças, comportamentos e reações de exploração, bem como em todas as dimensões do ajustamento académico, e os fatores de Extroversão, Neuroticismo, Abertura à experiência e Amabilidade positivos. Em contrapartida, o perfil construtivo apresenta níveis positivos em todas as dimensões de exploração e de ajustamento acadêmicos, e apenas o fator de Conscienciosidade positivo.
Título traduzido da contribuiçãoCareer exploration, academic adjustment and personality: career profiles
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)100-113
Número de páginas14
RevistaArquivos Brasileiros de Psicologia
Volume66
Número de emissão2
Estado da publicaçãoPublicado - 2014

Keywords

  • Exploração vocacional
  • Adaptação acadêmica
  • Personalidade
  • Ensino superior
  • Perfis de carreira

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Perfis de carreira: exploração vocacional, adaptação acadêmica e personalidade“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação