Prevenção do erro na administração da medicação ao recém-nascido internado na UTIN

Selma Gaio, Sílvia Gaio, Elisabete Nunes, Margarida Lourenço

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

A segurança do paciente é uma preocupação constante na procura de melhoria contínua da qualidade dos cuidados prestados nos serviços de saúde, sendo igualmente imprescindível em uma unidade de tratamento intensivo neonatal (UTIN). A vulnerabilidade de um recém-nascido, associada à ocorrência de emergências e à necessidade de cálculos de dosagem de medicação mais precisos, predispõe esses bebês à ocorrência de maiores riscos de erros de medicação. O enfermeiro é responsável pelo processo de administração do medicamento, tendo papel fundamental na detecção de erros, nomeadamente, nas etapas de preparação, administração e monitoração, zelando pela segurança do doente. Assim, é essencial identificar os diversos fatores de risco que podem possibilitar a ocorrência de erros e definir estratégias para a prevenção deles.
Idioma originalPortuguese
Título da publicação do anfitriãoPROENF
Subtítulo da publicação do anfitriãoprograma de atualização em enfermagem: saúde materna e neonatal
EditoraArtmed Panamericana Editora Ltda
Páginas35-56
Número de páginas22
Volume3
ISBN (impresso)9786558486039
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2022

Keywords

  • Segurança do doente
  • Recém-nascido
  • Erros de medicação
  • Estratégias de prevenção
  • Unidade de cuidados intensivos neonatais

Citação