Programa de formação de pares-suporte “C2C”: uma nova forma de intervir

Daniel Silva, Renato Santos*, João Baptista, Paula Fernandes, Joice Carvoeiro, Isabel Januário, Andreia Matias

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisa

Resumo

Investigações realizadas no contexto do ensino superior têm vindo a demonstrar que o suporte social apresenta um valor preditivo da adaptação à instituição educativa ao nível da integração académica e social, como do bem-estar pessoal. Em 2013, foi implementado na Academia Militar do Exército Português o Programa de formação de Pares-Suporte “C2C”. O programa tem como objetivos principais a promoção do autoconceito, do autoconhecimento e das competências sociais dos cadetes-alunos participantes. Durante as oito sessões foram abordadas diversas temáticas, entre as quais técnicas de comunicação e de aconselhamento entre pares, técnicas de gestão de stress e como explorar estratégias de coping para ultrapassar crises psicológicas. O presente estudo tem como objetivo avaliar a formação ministrada no programa “C2C” na perspetiva dos cadetes-alunos formandos. Participaram neste estudo 21 cadetes-alunos, do 1º ano da Academia Militar do Exército Português que responderam a um questionário no final da formação para recolha de informação. Os alunos consideram que a formação contribuiu para o seu desenvolvimento socio-emocional e cognitivo, dando a oportunidade de ampliar competências para atuarem como suporte de pares, contribuindo para a promoção do bem-estar coletivo.
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)115-134
Número de páginas19
RevistaProelium
Volume7
Número de emissão11
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jul. 2017
Publicado externamenteSim

Citação