Rádio comercial Ucrânia: uma rádio online no apoio aos refugiados

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Na madrugada de 24 de fevereiro, a Rússia lançou uma ofensiva militar sobre a Ucrânia, dando início a uma guerra no Leste Europeu. Já anexada a Crimeia (em 2014), e com o pretexto de defender as repúblicas separatistas de Donetsk e Lugansk (no Donbass), o governo de Vladimir Putin tomou como seus alvos da invasão militar inúmeras cidades na zona sul e leste da Ucrânia e mesmo a região e cidade capital de Kiev – o que, de imediato, em fevereiro, e desde então tem reforçado um gigantesco fluxo migratório de refugiados ucranianos para os países vizinhos e também para Portugal. Em tempos de guerra, a rádio sempre assumiu um papel fundamental, ora como veículo de propaganda (lembremo-nos, por exemplo, da II Guerra Mundial ou da Guerra Fria), ora na disseminação de informação e de apoio humanitário. Com a maioria das rádios ucranianas a enfrentar dificuldades de transmissão, estações de outros países começaram a mobilizar-se para se assumir como polo noticioso: a BBC voltou a emitir sinal em onda curta, tornando-se um veículo de informação para as populações ucraniana e russa, tal como a REE espanhola, com o seu centro emissor de Noblejas (em Toledo). Em Praga, a nova Radio Ukrajina oferece programação informativa e musical adaptadas às necessidades dos refugiados que chegam à República Checa, e na Polónia, a secção ucraniana da Polskie Radio Spółka Akcyjna (a rádio pública polaca) começou a emitir três noticiários por dia em ucraniano para informar quem não consegue ser informado. Em Portugal, e com início de emissões a 16 de março, começaram a ouvir-se as vozes de Viktoriya Starchenko e Marcos Fernandes na Rádio Comercial Ucrânia, uma rádio online em ucraniano e português, de cariz solidário, que nasceu para cumprir um duplo desafio: por um lado, ser um veículo de informação útil, com notícias, entrevistas, espaços de apoio jurídico, social e psicológico e música (essencialmente ucraniana e portuguesa); por outro lado, ser também uma ponte entre as centenas de refugiados que vão chegando ao nosso país e as organizações que lhes podem aqui prestar auxílio, nomeadamente a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) do Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS), o Alto Comissariado para as Migrações, a Associação Ucrânia e a sua Embaixada. Esta comunicação pretende descrever a criação e primeiros meses de emissão online desta nova rádio bilingue e a importância que a iniciativa tem vindo a assumir junto da comunidade ucraniana em Portugal. Para o efeito, foi realizado um estudo aprofundado da grelha emissão da Rádio Comercial Ucrânia e das suas audiências online, tendo-se recorrido também a entrevistas semiestruturadas aos principais intervenientes desta iniciativa – o CEO da Media Capital Rádio, o Diretor de informação da Comercial e editor da Rádio Comercial Ucrânia, os apresentadores e os principais colaboradores deste novo canal.
Idioma originalPortuguese
Estado da publicaçãoPublicado - 17 jun. 2022
EventoDigit-All: Congresso Internacional de Novas Narrativas na Sociedade Digital 2022 - Universitat Politècnica de València-Campus de Gandia, Gandia-València
Duração: 16 jun. 202217 jun. 2022

Conferência

ConferênciaDigit-All
País/TerritórioSpain
CidadeGandia-València
Período16/06/2217/06/22

Citação