A escola e a família: reflexões sobre uma relação necessária e intemporal

Título traduzido da contribuição: A escola e a família: reflexões sobre uma relação necessária e intemporal

Resultado de pesquisarevisão de pares

2 Transferências (Pure)

Resumo

A escola e a família cruzam abundantemente os desígnios e os objetivos centrais da sua ação e intervenção na comunidade educativa. Esta relação, mais do que necessária, passa a ser declaradamente intemporal, não só no que respeita ao envolvimento de ambos, mas também no que concerne à adoção de medidas e estratégias decorrentes da realidade observada num processo sempre complexo que é o ato de educar alguém. O presente artigo tem por objetivo demonstrar que a família assume uma preparação prévia, continuada e complementar à escola, enquanto a escola se assume como o local onde, por excelência, se reforçam e complementam saberes, atitudes, valores e competências. A união de esforços e a relação interinstitucional reforça e não prejudica a identidade de cada um destes parceiros profundamente relacionados. Apresentando o quadro normativo, pretende-se, por fim, refletir sobre o caminho a percorrer para um envolvimento pleno e desejável entre os pares.
Título traduzido da contribuiçãoA escola e a família: reflexões sobre uma relação necessária e intemporal
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)57-65
RevistaCadernos Educação Tecnologia e Sociedade
Volume13
Número de emissão1
DOIs
Estado da publicaçãoPublished - 2020

Keywords

  • Educação
  • Relação escola - família
  • Envolvimento parental

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “A escola e a família: reflexões sobre uma relação necessária e intemporal“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação