Strenghts and limits in the daily life of the adherence to rehabilitation of people with spinal cord injury and their families

Título traduzido da contribuição: Potências-limites no quotidiano da adesão à reabilitação de pessoas com lesão medular e suas famílias

Adriana Dutra Tholl*, Rosane Gonçalves Nitschke, Selma Maria da Fonseca Viegas, Tassiana Potrich, Cristina Marques-Vieira, Fabiana Faleiros Santana Castro

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

4 Citações (Scopus)
40 Transferências (Pure)

Resumo

Objetivo: compreender as potências e os limites no quotidiano da adesão à reabilitação de pessoas com lesão medular e suas famílias. Método: estudo interpretativo de natureza qualitativa, fundamentado na Sociologia Compreensiva e do Quotidiano, envolvendo 21 participantes, sendo 12 pessoas com lesão medular e 09 familiares, em um Centro Especializado de Reabilitação no sul do Brasil. As fontes de evidências foram entrevistas individuais e coletivas, adotando-se, para estas, a estratégia de oficinas para validação dos dados. Para o agrupamento e organização dos dados, utilizou-se o software Atlas.ti. A análise dos dados envolveu: análise preliminar, ordenação, ligações-chave, codificação e categorização. Resultados: evidenciaram as categorias e subcategorias: Potências na adesão à reabilitação - acolher e caminhar junto; reabilitação: um retorno à vida; a convivência que aproxima a família, bem como praticar a fé. Limites na adesão à reabilitação - (d)eficiência dos profissionais de saúde no cuidado. Conclusão: evidenciou-se a reabilitação como uma possibilidade de retorno à vida, que possibilita a convivência entre iguais, estimula o autocuidado e a adaptação. A família resgata o querer viver, e a fé é um mecanismo de esperança e otimismo. Ressalta-se que o déficit de acolhimento na Atenção Primária à Saúde e a escassez de cuidados de reabilitação no âmbito hospitalar determinam o aparecimento de complicações evitáveis, além da falta da orientação e/ou encaminhamentos, caracterizando uma falha no Sistema de Referência e Contrarreferência.
Título traduzido da contribuiçãoPotências-limites no quotidiano da adesão à reabilitação de pessoas com lesão medular e suas famílias
Idioma originalEnglish
Número do artigoe20190003
Páginas (de-até)1-16
Número de páginas16
RevistaTexto e Contexto Enfermagem
Volume29
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2020

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Potências-limites no quotidiano da adesão à reabilitação de pessoas com lesão medular e suas famílias“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação