The power of signed song

Título traduzido da contribuição: O poder do canto gestual

Resultado de pesquisa

8 Transferências (Pure)

Resumo

António Cabral nasceu surdo profundo e nunca tinha pensado em envolver-se na música. Durante o seu crescimento, desenvolveu um interesse no teatro e na pintura, sendo hoje pintor profissional. O Mãos que Cantam é o primeiro grupo profissional de canto gestual feito por Surdos em Portugal. Criado em 2010, o grupo é composto por cinco artistas Surdos (António Cabral, Cláudia Dias, Carlos Gonçalves, Débora Carmo e Patrícia Carmo), um maestro ouvinte (Sérgio Peixoto) e a intérprete de Língua Gestual Portuguesa residente (Sofia Figueiredo). Os artistas Surdos trabalham em equipa, traduzindo as letras para uma forma esteticamente trabalhada da Língua Getsual Portuguesa (LGP). A expressão musical via elementos visuais, a utilização de várias vozes gestuais, o trabalho de sincronia com a canção original, e os ensaios de inícios e finais de versos gestuados são todos resultados de um esforço coletivo, numa colaboração profícua entre Surdos e ouvintes pautada por um profundo respeito pela língua e cultura da comunidade Surda portuguesa. Colin Thomson foi um dos primeiros artistas Surdos a fazer canto gestual no Reino Unido. Teve um pai Surdo e tem um irmão surdo profundo. Nasceu surdo e teve alguma audição em criança, até se tornar surdo profundo aos 13 anos. Começou a atuar aos 16 e agora já o faz há mais de 40 anos. O seu método para a criação de canto gestual traduzido é muito específico. Usa elementos da poesia em Língua Gestual Britânica (British Sign Language, BSL), tais como a produção de gestos com a mesma configuração manual durante todo o verso, e a utilização de técnicas rítmicas particulares. Para além disso, o artista altera as letras originais das canções por forma a contar histórias sobre as experiências das pessoas Surdas, o que agrada ao público Surdo e informa os espectadores ouvintes sobre a cultura Surda.
Título traduzido da contribuiçãoO poder do canto gestual
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)203-207
Número de páginas5
RevistaDiffractions
Número de emissão7
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 30 nov. 2023

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “O poder do canto gestual“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação