The use of systemic antibiotics in endodontics: a cross-sectional study

Título traduzido da contribuição: O uso sistémico de antibióticos em endodontia: estudo transversal

Miguel Silva, Manuel Paulo, Miguel Cardoso, Miguel Martins, Rita Noites*

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

2 Citações (Scopus)

Resumo

Objetivos: Portugal é um dos países europeus com maior taxa de consumo de antibióticos e, consequentemente, com as maiores taxas de resistência bacteriana. Os médicos dentistas podem contribuir de forma substancial para esse problema, sendo da sua responsabilidade a prescrição de aproximadamente 10% de todos os antibióticos comuns. O objetivo deste estudo foi caracterizar os hábitos de prescrição de antibióticos sistémicos para a patologia pulpar e periapical numa amostra de médicos dentistas portugueses. Métodos: Foi realizado um estudo transversal envolvendo os médicos dentistas da zona geográfica de Viseu. Um total de 135 questionários foi distribuído por todos os consultórios e clínicas médico-dentárias de Viseu. Resultados: A taxa de resposta foi de 70% (n=95). A grande maioria dos médicos dentistas prescreve antibióticos por 8 dias (78,9%). O antibiótico mais frequentemente prescrito foi a associação de amoxicilina com ácido clavulânico 875 / 125 mg (82,1%). Em caso de sensibilização à penicilina, os antibióticos mais prescritos foram a claritromicina 500 mg (34,7%) e azitromicina 500 mg (33,7%). Verificaram-se percentagens consideráveis de abuso de antibióticos em situações de pulpite irreversível, necrose pulpar sem envolvimento sistémico, fístula e em casos de retratamento endodôntico. Conclusões: Uma parte considerável dos médicos dentistas inquiridos prescreve antibióticos inadequadamente para condições endodônticas inflamatórias como a pulpite. Este tipo de comportamento pode contribuir para o problema mundial da resistência antimicrobiana. É importante que o Médico Dentista compreenda a importância de restringir o uso de antibióticos aos casos de infeção grave que necessitam deles.
Título traduzido da contribuiçãoO uso sistémico de antibióticos em endodontia: estudo transversal
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)205-211
Número de páginas7
RevistaRevista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Volume58
Número de emissão4
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2017

Keywords

  • Terapêutica antibiótica
  • Resistência antimicrobiana
  • Infeções endodônticas
  • Hábitos de prescrição
  • Antibióticos sistémicos

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “O uso sistémico de antibióticos em endodontia: estudo transversal“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação