As reservas visíveis do Schaulager, em Basileia

Maria Fernando Gomes*, Eduarda Vieira

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

No âmbito da investigação científica sobre condições de reserva de instituições museológicas, pretende-se realizar uma abordagem sobre reservas visitáveis, incluindo a apresentação de boas práticas. O atual artigo resulta da visita realizada a dois casos de estudo: o Schaulager, em Basileia na Suíça, e as Reservas do Musée des Arts et Metiers, em Paris, França. Embora com géneses distintas, são exemplos de referência no panorama europeu, no domínio da conceção de reservas, e na gestão da articulação entre a conservação e a difusão das coleções. A metodologia adotada para a elaboração deste artigo baseia-se na análise comparativa de ambas as instituições.
Título traduzido da contribuiçãoThe visible storage of Schaulager, in Basel
Idioma originalPortuguese
Páginas (de-até)65-77
Número de páginas13
RevistaGe-Conservacíon
Volume2013
Número de emissão4
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 2013

Keywords

  • Reserva visíveis
  • Reservas visitáveis
  • Schaulager
  • Conservação preventiva
  • Arte contemporânea

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “As reservas visíveis do Schaulager, em Basileia“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação