Transinfluências: (po)ética nos contos de Mary Lavin e de Sophia de Mello Breyner Andresen

Maria Teresa Líbano Monteiro

Resultado de pesquisarevisão de pares

Resumo

Assumindo o papel de leitora e agente medianeira, porei as narrativas a dialogar entre si, como se uma fosse a chave para ler a outra. A comparação entre os contos de Mary Lavin e de Sophia de Mello Breyner Andresen será mais bem compreendida através do termo diálogo. Este será estabelecido em pares: comparando um conto da Sophia com outro de Lavin, pondo em diálogo seis contos, sendo que os próprios pares comparados dialogam uns com os outros e que, sempre que for oportuno, será feita referência a outros contos. O propósito deste(s) diálogo(s) não é diminuir a singularidade de cada narrativa, mas, pelo contrário, realçar as suas potencialidades interpretativas, conferindo-lhe outras possibilidades de leitura. Deste modo, servindo-me da técnica de close-reading, farei um exercício de literatura(s) comparada(s), no qual as diferenças linguísticas e culturais serão um fator de enriquecimento mútuo.
Idioma originalPortuguese
Local da publicaçãoCoimbra
EditoraUniversidade Católica Editora
Número de páginas169
Edição1
ISBN (eletrónico)9789725408681
ISBN (impresso)9789725408674
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - jun. 2023

Série de publicação

NomeThe Lisbon Consortium T(h)ESES

Citação