Validation of the subjective happiness scale in people with chronic kidney disease

Título traduzido da contribuição: Validação da “Subjective Happiness Scale” em pessoas com doença renal crónica

Luís Manuel Mota Sousa*, Cristina Maria Alves Marques-Vieira, Sandy Silva Pedro Severino, Juan Luis Pozo-Rosado, Helena Maria Guerreiro José

*Autor correspondente para este trabalho

Resultado de pesquisarevisão de pares

4 Citações (Scopus)
41 Transferências (Pure)

Resumo

Objetivo:Validar as propriedades psicométricas da Subjective Happiness Scale (SHS) em pessoas com Doença Renal Crônica (DRC) em programa de hemodiálise. Método:Trata-se de um estudo metodológico. A amostra randomizada foi constituída por 171 pessoas com DRC submetida a hemodiálise em duas clinicas na região de Lisboa, Portugal. Os dados foram colhidos de maio a junho de 2015. Foram avaliadas as propriedades psicométricas: validade (construto, convergente e discriminativa), fidedignidade por meio da consistência interna (α de Cronbach) e estabilidade (Coeficiente de Correlação Intraclasse e Coeficiente de Correlação de Spearman-Brown).Resultados:Os resultados suportam a estrutura unifatorial, com uma confiabilidade (α=0,90). Além disso, esta escala está positivamente correlacionada com a Escala de Satisfação com a Vida (r=0,60; p<0,001), apoiando assim a sua validade de critério. Conclusões:Aversão portuguesa da SHS é válida e reprodutível em pessoas com DRC.
Título traduzido da contribuiçãoValidação da “Subjective Happiness Scale” em pessoas com doença renal crónica
Idioma originalEnglish
Páginas (de-até)49-59
Número de páginas11
RevistaEnfermeria Global
Volume16
Número de emissão3
DOIs
Estado da publicaçãoPublicado - 1 jul. 2017

Keywords

  • Insuficiência renal crónica
  • Estudos de validação
  • Psicometria
  • Felicidade
  • Enfermagem

Impressão digital

Mergulhe nos tópicos de investigação de “Validação da “Subjective Happiness Scale” em pessoas com doença renal crónica“. Em conjunto formam uma impressão digital única.

Citação