A candidatura a cidade criativa da UNESCO
: estudo exploratório sobre os casos de Curitiba (Brasil) e Matosinhos (Portugal)

  • Patrícia Loise Fernandes Motta (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Nos últimos anos, a inovação e criatividade são os agentes propulsores de um novo modelo de economia, que tem impactado vários setores culturais e criado tantos outros. Conceitos de Indústria Cultural, Economia Criativa e Cidades Criativas estão relacionadas através de criatividade, inovação e transformações socio-culturais e econômicas.Esta dissertação tem como objetivo responder a duas questões: a primeira, caracterizar o que é uma cidade criativa; a segunda, compreender quais são os impactos e benefícios que o título “Cidade Criativa” pode trazer à região.Para alcançar este objetivo e traçar o perfil de cidade criativa, é feita uma revisão conceitual de teóricos e conceitos para fundamentar o estudo de caso proposto. Este analisa o processo de duas cidades candidatas à Rede Cidades Criativas da UNESCO, tendo o design como referência. São elas: Curitiba-Brasil (com processo de candidatura concluído) e Matosinhos-Portugal (com processo de candidatura não concluído, mas atividade relevante no domínio do design). Como estudo de caso com caráter exploratório, fez-se uma caracterização de natureza qualitativa dos processos de candidatura, auscultaram-se agentes, deixando uma base de trabalho que pode alicerçar futuras pesquisas.
Data do prémio13 dez 2019
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorLaura Castro (Supervisor) & Luís Teixeira (Co-Orientador)

Keywords

  • Cidade criativa
  • UNESCO
  • Economia criativa
  • Design
  • Curitiba
  • Matosinhos

Designação

  • Mestrado em Gestão de Indústrias Criativas

Citação

'