A comparative analysis of spreads
: green bonds versus corporate bonds

  • Sérgio Henrique Pereira Feliciano (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Green Bonds são instrumentos financeiros que têm vindo a ganhar popularidade na última década. Este estudo investiga o volume de green bonds emitidas por empresas não financeiras em países da zona euro durante o período 2013-2021 e faz uma análise comparativa das suas características com as das obrigações tradicionais. O principal objetivo deste trabalho académico é contribuir para os estudos relacionados com green bonds e investigar se estes instrumentos financeiros possuem spreads mais baixos quando comparados com corporate bonds com as mesmas características. Utiliza-se uma amostra de 223 green bonds e 2,610 corporate bonds obtidas da base de dados DCM Analytics, para efetuar esta análise, controlando-se por outras variáveis que afetam o spread, tais como fatores macroeconómicos e características contratuais. Os resultados sugerem que as green bonds não têm spreads mais baixos do que as corporate bonds comparáveis, argumentando que as green bonds não são consideradas uma fonte de capital com custos de financiamento mais baixos. Os resultados também permitem concluir que as variáveis que captam o risco de crédito são as que mais impacto têm nos spreads das obrigações.
Data do prémio19 out. 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJoão Pinto (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Finanças

Citação

'