A componente cultural do ensino de Português Língua Estrangeira em Macau

  • Mei Ying To (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

No processo de globalização, a comunicação intercultural ganha cada vez mais importância. Por conseguinte, o reforço da consciência cultural dos estudantes e o desenvolvimento da Competência Comunicativa Intercultural (CCI) no ensino de línguas estrangeiras tornou–se um tema cada vez mais discutido e investigado. Este relatório de estágio parte da premissa de Kramsch (1996) de que a cultura é sempre subjacente à língua, e portanto a incorporação consciente de fatores culturais na aprendizagem de línguas ajudará os estudantes a compreender melhor a língua e, assim, a aplicá–la melhor a interações verbais e sociais da vida real. No ensino do português, a presença da cultura portuguesa proporciona uma oportunidade para os alunos refletirem sobre diferenças e semelhanças culturais, construindo assim uma consciência intercultural. A consciência e o conhecimento da cultura podem agir como ‘facilitadores’ da aprendizagem de língua. Por isso, o objetivo deste trabalho é investigar em que medida essa incorporação de elementos culturais na aula de português ajuda de facto a aprendizagem desta língua. Uma vez que a abordagem do método comunicativo valoriza a participação ativa dos estudantes em interações verbais por via de materiais autênticos, em que se privilegia a função e só posteriormente a forma, este estudo aplicará esta abordagem às aulas com a ajuda de atividades didáticas sobre cultura.
Data do prémio15 fev. 2024
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorRita Faria (Supervisor)

Keywords

  • Português língua estrangeira
  • Abordagem comunicativa
  • Cultura

Designação

  • Mestrado em Português Língua Estrangeira/Língua Segunda

Citação

'