A compreensão evolutiva do ensino e da aprendizagem como promoção da melhoria da prática docente

  • Célia Maria da Costa Estrada (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente relatório incide sobre o processo de ensino-aprendizagem, bem como sobre conceitos, abordagens e metodologias no ensino e na aprendizagem, contextualizando a minha experiência prática. Assim, numa primeira fase explano sobre o meu percurso educacional e profissional. São realçadas as dificuldades com que o professor estagiário se depara, como a ausência de experiência prática, a adequação do discurso e das metodologias. Todavia, o experienciar destas dificuldades permite adquirir competências necessárias ao exercício da atividade docente. É também descrita a condição de professora contratada que me permitiu conhecer realidades escolares distintas, ou seja, professores e alunos com caraterísticas e aspirações específicas, contextos sociais, culturais, familiares diversificados, que, de algum modo, se refletiam no ambiente escolar e nas condições de ensinar e de aprender. Seguidamente, é feita uma reflexão sobre o que é ensinar e diferentes abordagens no ensino: tradicional, comportamentalista, humanista, cognitivista, sociocultural e construtivista. O ato de ensinar não deve ser confundido com a mera transmissão de conhecimentos, reservando para o aluno apenas a condição de recetor. Trata-se, antes, de um processo que, além de envolver a troca de informação, implica também, entre outros aspetos, a seleção e utilização das metodologias mais adequadas, tendo em conta os aprendentes, bem como as circunstâncias em que decorre a atividade letiva e o ato de ensinar. Quanto às metodologias de ensino, destaco a pertinência do método expositivo, do demostrativo, do interrogativo e do ativo. Todos têm a sua importância, todavia deverão ser tidas em consideração as motivações e as aptidões dos alunos. Atualmente, os professores têm uma tarefa muito difícil: têm que educar, ensinar, motivar, combater as taxas de insucesso, cumprir metas. Neste contexto, é abordado o papel do professor, métodos e estratégias, tendo sempre em vista a melhoria do desempenho dos alunos. Noutra fase do documento, ocupar-me-ei da aprendizagem, dos paradigmas, das abordagens à aprendizagem e estratégias que os alunos têm ao seu dispor. Segundo Rosário e Almeida (1999), os estudos mais recentes no domínio da aprendizagem privilegiam o papel fundamental do aluno, não descurando a importância dos conteúdos curriculares, dos recursos educativos e das metodologias de ensino por parte dos professores. Desta forma, é pertinente refletir também sobre as estratégias de aprendizagem que os alunos utilizam. Relativamente às abordagens à aprendizagem, Duarte (2000, 2002) considera que as abordagens superficial, profunda e de alto-rendimento transmitem a forma como os alunos experienciam os contextos próprios de aprendizagem, podendo variar entre diferentes abordagens. A análise desta temática permitiu-me refletir sobre os desafios que os professores enfrentam, na tentativa de promover uma aprendizagem compreensiva por parte dos alunos. Com a elaboração deste relatório pude concluir que o processo de ensino-aprendizagem se encontra em mudança e que as abordagens no ensino e as diferentes metodologias podem ser adaptadas às práticas dos professores. Considero que estas reflexões contribuirão para a melhoria da minha postura enquanto professora, tornando-me mais reflexiva e sensível ao processo de aprendizagem dos meus alunos. Saliento, ainda, a importância dos alunos aprenderem a aprender, destacando o papel da metacognição para a aprendizagem e do papel do professor na orientação para o sucesso educativo do processo ensino-aprendizagem.
Data do prémio2014
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria Raul Xavier (Supervisor) & Luísa Mota Ribeiro (Co-Orientador)

Keywords

  • Professor
  • Aluno
  • Ensino
  • Aprendizagem

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'