A escola a tempo inteiro na perspectiva das crianças

  • Maria Cristina Antas de Barros Dias Baptista Antunes (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Como medida política, o Programa Escola a Tempo Inteiro foi implementado para responder às necessidades das famílias e melhorar os resultados escolares dos alunos. Este programa, cuja concretização assenta em relações contratuais entre o Ministério da Educação, as escolas/agrupamentos de escolas, as autarquias e outras entidades da comunidade local, tem suscitado diferentes reflexões sobre os pressupostos e os objectivos do próprio programa e também sobre o modo como se concretiza nas escolas. Algumas destas reflexões têm-se revelado bastante críticas em relação à intensificação da jornada escolar da criança e ao consequente reforço do “ofício de aluno” em detrimento do “ofício de criança”. A investigação que se apresenta nesta Dissertação sobre a Escola a Tempo Inteiro (ETI) e as actividades associadas a este Programa – Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) – consiste num “estudo de caso” e baseia-se em metodologias qualitativas. O estudo tem como principal objectivo conhecer as perspectivas das crianças que vivem no quotidiano escolar essa realidade. Tendo em conta que as crianças não são apenas destinatários mas sujeitos activos na vida escolar, a investigação desenvolve-se em torno das seguintes questões: Como estão organizadas as AEC na escola? Como vêem as crianças estes tempos na escola? O que dizem sobre a permanência no espaço escolar durante mais tempo? E sobre as actividades que realizam? Consideram que é “mais do mesmo” ou são actividades educativas diferentes, com componentes lúdicas?
Data do prémio2009
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorFernando Ilídio Ferreira (Supervisor)

Keywords

  • Escola a tempo inteiro
  • Actividades de enriquecimento curricular
  • Crianças
  • Lúdico

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'