A importância da polivalência funcional na função pública
: o caso da Câmara Municipal do Porto

  • Miguel Faria Venda (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente estudo é o relatório de um estágio realizado na Divisão Municipal de Receita da Câmara Municipal do Porto entre o dia 6 de setembro de 2021 e o dia 21 de janeiro de 2022. Durante esse estágio foi possível identificar oportunidades de melhoria no que se refere aos seguintes domínios da atividade desse departamento: gestão de processos críticos e gestão de processos atribuídos a funcionários que podem estar ausentes por motivos de doença, férias ou outros. Como estratégia para melhorar o desempenho deste departamento no que se refere às situações atrás referidas considerou-se neste estudo a adoção de um modelo de gestão de pessoas baseado na polivalência funcional. Para analisar a exequibilidade desta proposta foram realizadas duas tarefas resultados constam deste relatório. A primeira foi uma revisão de literatura sobre este tema e sobre a chamada “Nova Gestão Pública” que advoga uma gestão mais flexível das pessoas na Administração Pública segundo princípios que se inspiram da gestão de organizações privadas. A segunda tarefa foi a realização de um inquérito respondido por 20 trabalhadores da Divisão Municipal de Receita sobre a sua perceção das oportunidades de melhoria atrás referidas e sobre a sua aceitação de um modelo de gestão de pessoas baseado na polivalência funcional. Os resultados desse inquérito foram no sentido da existência dessa recetividade. A pretensão na adoção deste método na DMR da CMP visa fomentar um sistema de gestão mais flexível e versátil, maximizando a rentabilidade dos recursos humanos existentes na divisão.
Data do prémio6 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAmérico Manuel dos Santos Carvalho Mendes (Supervisor)

Keywords

  • Polivalência funcional
  • Função pública
  • Gestão de pessoas

Designação

  • Mestrado em Gestão

Citação

'