A influência da cultura organizacional na transferência do conhecimento tácito
: uma revisão sistemática da literatura

  • Francisco Saavedra Soares Martins d'Andrade (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Este trabalho procurou analisar e perceber qual a influência que a cultura organizacional tem na transferência do conhecimento tácito entre os trabalhadores de organizações empresariais. Devido à natureza das características do conhecimento tácito, as organizações encontram inúmeras barreiras, tanto de índole individual como organizacional, quando tentam reter e disseminar este tipo de conhecimento. Uma das barreiras organizacionais apontadas pela literatura é a cultura organizacional, pois é ela que cria o contexto para a interação social e modela comportamentos. Desta forma, esta exerce uma influência nos comportamentos dos trabalhadores, podendo-os levar a ter atitudes promotoras da transferência do conhecimento tácito. A presente revisão sistemática da literatura visa explorar este assunto e responder à questão: “em que medida a Cultura Organizacional influencia a transferência do conhecimento tácito em organizações empresariais?”, com informação contida em 17 artigos recolhidos de duas bases de dados, a EBSCO e a B-On. Através da análise realizada a estes artigos foi possível concluir que a organização deve promover condições para que se desenvolvam relações confiáveis, de colaboração e cooperação, onde sejam eliminadas barreiras hierárquicas, que inibem as relações e interações sociais, e um contexto onde o erro é visto como uma oportunidade de aprendizagem que gera oportunidades para a experimentação e inovação - uma cultura que incentiva a comunicação e diálogo aberto, de confrontação de ideias, onde o trabalhador viva em segurança psicológica e se sinta bem no e com o seu trabalho. Foi revelado também a importância do líder no desenvolvimento desta cultura promotora à transferência do conhecimento tácito, na medida em que são eles que, através das suas estratégias, práticas de gestão e estilo de liderança, podem gerir alguns fatores que criam este ambiente facilitador e promotor de comportamentos desejáveis. Desta forma, foi possível identificar alguns indicadores que poderão guiar práticas de gestão de conhecimento promotoras à emergência de uma cultura organizacional facilitadora da transferência de conhecimento tácito.
Data do prémio7 dez 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMarisa Fernanda Figueiredo Tavares (Supervisor) & Maria Isabel G. G. Castro Guimarães (Co-Orientador)

Keywords

  • Cultura organizacional
  • Transferência do conhecimento tácito
  • União Europeia

Designação

  • Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Citação

'