A influência do conflito trabalho e vida familiar na carreira de trabalhadores em posição de chefia
: uma meta-análise qualitativa

  • Ana Eduarda Pereira Marinho (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente trabalho tem como propósito compreender a influência do conflito entre trabalho e vida familiar na carreira de trabalhadores em posição de chefia. De forma a dar resposta à questão de investigação, a escolha metodológica recaiu sobre a Meta Análise Qualitativa (MAQ), uma vez que a literatura apresenta ainda resultados imprecisos nesta temática. À vista disso, foi possível reunir, sintetizar e interpretar os resultados de estudos primários publicados a partir de 2015. A MAQ incluiu uma amostra total de 31 artigos, selecionados após o rigoroso cumprimento do protocolo da MAQ, tendo recorrido à técnica de análise de conteúdo para estudar, de forma detalhada, a informação dos artigos selecionados. Os resultados revelam que o conflito tem uma importância crescente na sociedade, uma vez que apresenta consequências significativas tanto no ambiente profissional como pessoal, manifestando resultados ao nível da saúde, produtividade, rotatividade e bem-estar familiar. Quando o trabalho tem prioridade sobre a família, emerge conflito nos trabalhadores, sobretudo por parte daqueles que desempenham funções de chefia. Tendo em conta que estes estão mais empenhados nas suas responsabilidades de trabalho, acabam por colocar em segundo plano as responsabilidades familiares. Os problemas inerentes a este conflito são o stress familiar (incluindo o stress afetivo parental e matrimonial, angústia familiar e a qualidade de vida familiar), bem como o stress relacionado com o trabalho, levando ao desleixo no que diz respeito à progressão na carreira.
Data do prémio14 dez. 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorEva Dias de Oliveira (Supervisor) & Maria Isabel G. G. Castro Guimarães (Co-Orientador)

Designação

  • Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Citação

'