A relação entre os cidadãos e a Assembleia da República em Portugal
: análise comparativa num contexto pós-materialista

  • Joana Isabel de Oliveira Rodrigues (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

As democracias ocidentais têm sido palco de transformações sociais profundas. As décadas de paz que a Europa tem vivido desde da Segunda Guerra Mundial caracterizam-se por uma expansão democrática e um desenvolvimento económico sem precedentes. Em simultâneo, os comportamentos dos cidadãos passaram por alterações comportamentais substanciais, revelando padrões novos de acção, intervenção e contestação política. Primeiro, Inglehart e, depois, Dalton, estudaram este fenómeno e defendem uma nova corrente, um novo paradigma social, apelidado de pós-materialismo. A evolução da sociedade introduziu novos comportamentos e assistiu-se ao surgimento de novas formas dos cidadãos expressarem e defenderem os seus interesses. Denota-se que protestos são mais pacíficos, mas são também mais alternativos. Novas formas de protesto procuram constituir originais entraves ao funcionamento das instituições políticas e públicas. Os jovens europeus expressam uma mentalidade diferente das gerações anteriores. Cresceram num meio confortável e pacifico e demonstram outras expectativas perante a sociedade e a relação com os seus governantes. Entendem o Estado como fonte de imposições e restrições, as quais necessitam de ser questionadas. Demonstram uma relação de cepticismo em relação à elite política. A presente dissertação tenciona contribuir para compreender se Portugal se insere nesta realidade europeia. A análise procura avaliar a relação que a Assembleia da República Portuguesa estabelece com os seus cidadãos, e ao mesmo tempo a dissertação procura contribuir para a caracterização do eleitorado português em comparação com eleitorados de outros países europeus.
Data do prémio2014
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorElisabete Azevedo-Harman (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais: Segurança e Defesa

Citação

'