A relevância do ciclo de planeamento estratégico em contexto de incerteza
: estudo de caso – NOS

  • João Hortas Vilela (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente Trabalho Final de Mestrado (TFM) analisa a relevância do ciclo integrado de planeamento estratégico e de controlo de gestão num contexto de elevada incerteza da envolvente. A investigação foi concretizada através de um estudo de caso de uma das maiores empresas portuguesas do setor das telecomunicações, procurando compreender qual foi o impacto que a crise da COVID-19 teve nas práticas instituídas de planeamento e controlo da organização. Com efeito, para a elaboração deste trabalho foi adotada a metodologia qualitativa, tendo sido realizadas duas entrevistas aos diretores dos departamentos de planeamento e controlo de gestão e de estratégia da NOS. Tendo por base concetual o conhecido modelo Execution Premium, a análise efetuada sugere que o modelo formal de planeamento e controlo adotado pela NOS foi capaz de lidar com o acréscimo de incerteza inerente à pandemia da COVID-19, verificando-se que as ferramentas de análise estratégica e de controlo da sua execução foram consideradas pela gestão como indispensáveis para assegurar a continuidade do negócio e fomentar a sua adaptação às fortes mutações ocorridas na envolvente. Mais especificamente, o estudo de caso sugere que as práticas de planeamento e controlo instituídas na organização foram úteis na perceção do alcance e impacto potencial dessas mutações da envolvente no negócio, permitindo à empresa gerir de forma proativa as ameaças daí decorrentes, mesmo num contexto de elevada incerteza.
Data do prémio20 out. 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorLuís Manuel Dionísio Marques (Supervisor)

Keywords

  • Planeamento estratégico
  • Controlo de gestão
  • NOS

Designação

  • Mestrado em Gestão

Citação

'