Ansiedade na performance musical em adolescentes
: relação entre sintomatologia psicopatológica, perfecionismo e crenças de autoeficácia

  • Inês Ferraz da Silva (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O presente estudo teve como principal objetivo compreender a relação entre a Ansiedade na Performance Musical (APM), problemas de internalização e externalização, perfecionismo e crenças de autoeficácia, em jovens estudantes de música do 3º ciclo. Foram administrados - um questionário sociodemográfico, o Youth SelfReport, o Music Performance Anxiety Inventory for Adolescents, a Child-Adolescent Perfectionism Scale e a Escala de Autoeficácia para o Desempenho Musical, a 145 estudantes de música, com idades compreendidas entre os 12 e 14 anos. Os resultados identificaram uma correlação positiva entre APM e perfecionismo, problemas de internalização e de externalização, e negativa entre APM e autoeficácia. Relativamente ao género e ano de escolaridade, as raparigas evidenciaram níveis mais elevados de APM do que os rapazes, tal como os alunos do 9º ano de escolaridade em comparação com os do 7º. Os alunos com melhores classificações na avaliação do instrumento e os que estudam mais horas, apresentaram menores valores de APM e mais perfecionismo. No seguimento destes resultados, são sugeridas orientações para investigações futuras, como o estudo do poder preditivo das diferentes variáveis individuais e contextuais face à APM, e a inclusão de medidas acerca da relação pedagógica com professores e o papel parental na prática musical.
Data do prémio14 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPedro Dias (Supervisor) & Lurdes Veríssimo (Co-Orientador)

Keywords

  • Ansiedade na performance musical
  • Estudantes de música de 3º ciclo
  • Problemas de internalização e externalização
  • Perfecionismo
  • Autoeficácia

Designação

  • Mestrado em Psicologia

Citação

'