Antecedents of green purchase intention
: the case of personal luxury goods

  • Emma Louise Güniker (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Esta tese de mestrado tem como objectivo explorar os preditores da Intenção de Compra Verde no contexto específico da indústria do luxo. O estudo baseia-se na Teoria do Comportamento Planeado de Ajzen (1991) e investiga se características psicográficas especificas do consumidor influenciam a probabilidade dos consumidores de luxo comprarem bens de luxo pessoais ecológicos. Neste contexto, a categoria de luxo da moda e dos artigos de couro exemplifica o elemento central desta investigação. As hipóteses são testadas através de uma metodologia quantitativa, em que a amostragem de conveniência e utilizada para recolher dados de consumidores de luxo através da distribuição de um inquérito online. Os métodos de analise de dados utilizados consistiram numa analise de regressão múltipla hierárquica e correlacional. Os resultados mostraram que uma versão reduzida da Teoria do Comportamento Planeado pode ser utilizada para prever a Intenção de Compra Verde (IPV) de bens de luxo pessoais verdes, excluindo a variável original Controlo Comportamental Apercebido. Alem disso, verificou-se que os factores psicográficos Altruísmo e Conhecimento Ambiental estavam correlacionados com a IPV dos consumidores de luxo no contexto deste estudo.
Data do prémio27 jun. 2023
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorPaul Lapoule (Supervisor)

Keywords

  • Comportamento do consumidor
  • Intenção de compra ecológica
  • Luxo ecológico
  • Consumo sustentável
  • Teoria do comportamento planeado

Designação

  • Mestrado em Gestão e Administração de Empresas

Citação

'