Apanhados pela pandemia
: impacto social, académico e dos meios de comunicação eletrónicos em estudantes universitários

  • Matilde Maria Tavares Pereira Rodrigues da Cruz (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A pandemia pela COVID-19 conduziu, em março de 2020, à declaração do estado de emergência nacional e ao primeiro confinamento. No contexto do ensino superior, os estudantes transitaram do ensino presencial para o online e viram-se confrontados com a alteração repentina das suas rotinas, ficando o contacto presencial com a rede de suporte colocado em standby, em detrimento da saúde individual e coletiva. O presente estudo teve como objetivo geral explorar o impacto social e académico do primeiro período de suspensão das atividades letivas presenciais (março-julho de 2020), num grupo de estudantes portugueses do ensino superior, compreendendo o papel dos MCE neste impacto. A amostra integrou 247 jovens com uma média de idades de 21.9 anos. Para a recolha de dados (julho de 2020) foi desenvolvido o questionário “COVID-19: Impacto Social, Académico e Psicológico da Pandemia em Estudantes Universitários”. Os resultados apontam para o papel positivo dos MCE na readaptação de contextos sociais e académicos, viabilizando o contacto à distância com a rede de suporte e a progressão do ano letivo. O espaço para si próprio; o espaço próprio para estudar e a sua não partilha; e a qualidade de ligação à internet contribuíram para uma experiência menos negativa percecionada pelos jovens.
Data do prémio13 jul 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorLuísa Campos (Supervisor) & Pedro Dias (Co-Orientador)

Keywords

  • Estudantes portugueses do ensino superior
  • Pandemia COVID-19
  • Impacto social
  • Impacto académico
  • Fatores protetores
  • Suporte social
  • Ensino online
  • Meios de comunicação eletrónicos

Designação

  • Mestrado em Psicologia

Citação

'