As práticas supervisivas e sua influência nas práticas docentes
: a perceção dos atores

  • Maria Cristina Gonçalves Guerra (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O termo Supervisão e a sua necessidade são cada vez mais divulgados na nossa sociedade, o que se pode perceber pelos meios de comunicação que o noticiam relativamente a várias áreas, desde a economia, à justiça ou à educação. No que respeita a esta última, a realização de práticas supervisivas é aconselhada aos distintos agrupamentos de escolas do país, por meio dos relatórios de avaliação externa, sendo corroborada por vários os estudos, nacionais e internacionais, que demonstram as vantagens da sua implementação ao desenvolvimento profissional dos docentes. Não obstante, é bem patente o desconforto demonstrado por esta classe profissional quando se aborda o assunto e se propõe a sua realização. Tal desconforto, oriundo de vários fatores, é também associado do tipo de cultura profissional docente presente nas diferentes escolas e também às associações que lhe são feitas ao termo Supervisão. Ao longo deste trabalho pretendeu-se entender a conceção que os docentes de um agrupamento de escolas têm sobre a Supervisão Pedagógica e analisar as suas influências nas práticas letivas. Para tal, realizou-se um estudo de caso de natureza mista, realizando-se entrevistas e um questionário a elementos da Direção e aos docentes do Ensino Básico e Ensino Secundário do agrupamento, a fim de se obter informação de natureza qualitativa e quantitativa, para posterior análise. Do estudo realizado, infere-se que os atores envolvidos consideram que se verifica um aumento de práticas colaborativas e de práticas reflexivas entre docentes, através da implementação e execução do processo supervisivo, que, segundo os docentes e a Direção, leva, consequentemente, a um melhoramento das práticas letivas dos professores no agrupamento em estudo. Ressalve-se que não se podem concluir mais resultados dado não termos incluído neste estudo dados de Observação de Práticas e a análise de resultados dos alunos, e ainda pelo facto de o processo supervisivo estar no segundo ano de três anos de implementação, o que justifica um novo estudo realizado ao A.E.C.B. no final do período de 3 anos de implementação – final do próximo ano letivo.
Data do prémio22 set. 2017
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria do Céu Roldão (Supervisor)

Keywords

  • Supervisão
  • Cultura profissional docente
  • Desenvolvimento profissional

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'