Avaliação digital de contactos oclusais

  • Diana Isabel Costa SottoMayor (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Objetivo: Avaliar a capacidade de estudantes do Mestrado Integrado em Medicina Dentária em identificar contactos oclusais, estáticos e dinâmicos, com papel articular de diferentes espessuras, tendo como referência registos oclusais digitais. Materiais e métodos: Foi realizado um estudo observacional transversal, dirigido aos alunos do 4º e 5º anos do Mestrado Integrado em Medicina Dentária da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa. Solicitando a cada participante a identificação dos principais contactos oclusais em posição de intercuspidação máxima e os dentes guia dos movimentos excursivos (protrusão e lateralidades), num paciente padrão, com recurso a papel articular de 40 e 200μm (BK 17® e BK 02®, Bausch, Alemanha). Estes foram registados em ficha própria e comparados com os contactos oclusais obtidos digitalmente com o aparelho OccluSense® (Bausch, Alemanha). A análise dos dados foi efetuada no software SPSS® da IBM com nível de significância de 0,05. Resultados: A amostra incluí 30 alunos de cada ano letivo. Não foi identificada qualquer relação estatisticamente significativa do género com a identificação dos contactos oclusais independentemente da espessura do papel articular (p≥0,05). A maior parte dos participantes identificou corretamente 3 dos 5 dentes expectáveis em posição de intercuspidação máxima (40%) com papel articular de 40μm. Com o de 200μm, a identificação correta predominante foi de 2 dos 5 dentes expectáveis (48,3%). As diferenças encontradas entre estes dois tipos de papel de articular têm significado estatístico na análise da posição de intercuspidação máxima (p=0,001). Relativamente aos movimentos excursivos, verifica-se uma maior capacidade de identificação de dentes corretos com o papel de articular de 200μm comparativamente com o de 40μm.
Conclusões: A capacidade de identificação de contactos oclusais, estáticos e dinâmicos, pelos alunos é influenciada pela espessura do papel articular e a avaliação digital dos mesmos é uma ferramenta que deve ser introduzida no ensino pré-graduado como forma de tornar a análise oclusal mais objetiva e didática.
Data do prémio13 jul 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorAndré Ricardo Maia Correia (Supervisor) & Patrícia Fonseca (Co-Orientador)

Keywords

  • Pontos de contactos oclusais
  • Sistema digital
  • Papel de articular
  • Occlusense®

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'