Big five personality and influencer marketing related behaviors and attitudes
: an exploration

  • Mafalda Queirós Costa (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Com as redes sociais enraizadas na rotina das pessoas, o influencer marketing tornouse uma das ferramentas de marketing mais utilizadas pelas marcas. No entanto, é ainda necessário desenvolver estudos empíricos para compreender melhor os fatores que afetam a resposta dos consumidores ao influencer marketing. Este estudo pretende contribuir para esta lacuna na investigação, ao explorar as relações entre a personalidade dos consumidores, suportada pela teoria de personalidade dos Cinco Fatores, e as suas atitudes e comportamentos face ao influencer marketing. Nesse sentido foram recolhidos dados através de um questionário junto de uma amostra de consumidores das gerações Millennial e Z. Os resultados foram testados para a covariância e diferenças significativas de médias. As evidências indicam que existe uma correlação entre a extroversão e o envolvimento ativo com influenciadores e entre a conscienciosidade e as compras passadas, feitas devido a recomendações de influencers. No que diz respeito às plataformas, os utilizadores do LinkedIn, revelaram uma conscienciosidade mais alta, enquanto os do Twitter registaram um valor mais baixo nesta dimensão da personalidade. Por outro lado, os utilizadores do TikTok demonstraram um neuroticismo mais elevado e os do Twitch uma menor extroversão. Indivíduos que seguem influencers no LinkedIn denotam uma maior conscienciosidade e abertura a novas experiências, aqueles que os seguem no YouTube caracterizam-se por uma mais baixa abertura a novas experiências e os que o fazem no Twitch apresentam valores mais baixos de extroversão. Relativamente às categorias de conteúdo, os seguidores de conteúdos de celebridades revelaram valores mais altos de amabilidade, os de moda e beleza uma maior conscienciosidade, os de gamming uma menor conscienciosidade e os de humor uma menor extroversão do que não seguidores destes temas. Por último, o neuroticismo registou valores mais baixos em indivíduos que preferem conteúdo de viagens, a conscienciosidade foi mais elevada em quem prefere conteúdo de moda e beleza e a extroversão foi mais baixa em quem prefere conteúdo de estilo de vida. Os resultados deste estudo contribuem para completar e alargar a literatura sobre influencer marketing e comportamento do consumidor, e trazem contributos relevantes para a definição da estratégia das marcas que recorrem a esta ferramenta.
Data do prémio14 jul 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJoana Machado (Supervisor) & Carla Sofia Carvalho Martins (Co-Orientador)

Keywords

  • Marketing de influenciadores
  • Personalidade
  • Modelo de cinco fatores de personalidad
  • Conteúdo de redes sociais
  • Plataformas de redes sociais
  • Intenção de compra
  • Envolvimento online
  • Personalidade do consumidor

Designação

  • Mestrado em Marketing

Citação

'