Business intelligence na educação

  • Eduardo Carlos Torres Sequeira (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Este início de século é marcado não só por uma sociedade em constante mudança, onde a informação é vista como uma necessidade e como um recurso, mas também, por uma das maiores e mais profundas crises económicas e financeiras de que há memória. As organizações não se podem alhear destas novas realidades, é essencial que se munam de novos instrumentos e tecnologias e se preparem para enfrentar os novos desafios que se avizinham. As Direções Regionais de Educação, Escolas e Ministério da Educação não são exceção, muitas vezes reconhecidas como “máquinas pesadas e burocráticas”, têm nos últimos anos, implementado Sistemas de Gestão Documental, esforço reconhecido e que muito tem contribuído para o aumento da sua eficácia, contudo, há ainda um longo caminho a percorrer. Urge que se implementem sistemas completos de avaliação da performance destas organizações, medindo o impacto dos seus programas, projetos e atividades na sociedade. A implementação de ferramentas de Business Intelligence (BI) e de teorias administrativas da Inteligência Competitiva (IC) podem contribuir para melhorar a tomada de decisão de toda a organização e consequentemente, o seu desempenho, criando vantagens competitivas e condições especiais para que os objetivos propostos sejam alcançados. Em Portugal, há ainda um grande distanciamento entre os modelos tradicionais de ensino e as ferramentas disponibilizadas pelas novas tecnologias. Ao longo dos últimos anos, temos assistido apenas a adaptações e pequenas mudanças… é preciso reinventar a forma de ensinar e também de aprender. O BI, poderá assim constituir-se como um poderoso aliado, dos modelos tradicionais de ensino, permitindo o acesso a relatórios online que permitem medir o progresso e desempenho de uma turma, aluno ou professor, promovendo a responsabilidade educacional e o desempenho académico. Esperamos sobretudo que a concretização deste trabalho possa contribuir para delinear um novo conceito de educação, alicerçado na medição da performance de diversas entidades e no importante papel que as novas tecnologias podem desempenhar na demanda por uma escola cada vez mais eficiente.
Data do prémio28 dez. 2012
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJosé Afonso Baptista (Supervisor) & Pedro Calhau (Co-Orientador)

Keywords

  • Educação
  • Descentralização educativa
  • Territorialização da educação
  • Direções Regionais de Educação
  • Tecnologias de Informação
  • Business intelligence
  • Gestão do conhecimento

Designação

  • Mestrado em Ciências da Educação

Citação

'