Caracterização de superfície de um novo implante dentário cerâmico

  • Mónica Célia Pereira Miranda (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

INTRODUÇÃO: Com a evolução das técnicas e biomateriais de reabilitação oral e com o aumento da exigência dos pacientes, o recurso ao uso de implantes dentários para substituição de dentes perdidos tem vindo a aumentar. A osteointegração do implante depende da superfície do próprio. Além dos aspectos biofuncionais, as questões estéticas começaram a ganhar relevância e assim surgiram os implantes cerâmicos (nomeadamente em zircónia) como alternativa aos implantes de titânio. OBJECTIVOS: Caracterizar a superfície de implantes de titânio, titânio-zircónio e zircónia, já comercializados, investigando a relação entre características como a composição química e cristalográfica, a molhabilidade e a rugosidade nos resultados conhecidos de osteointegração. MATERIAL E MÉTODOS: Um implante Straumann® Standard Plus SLA® tissue level de titânio, dois implantes Straumann® Roxolid® SLA® Loxim™ titânio e zircónio (um bone level e um tissue level), dois implantes Straumann® Pure Ceramic ZLA™ de zircónia. Os testes serão: difracção de raio-X; perfilometria óptica; medição do ângulo de contacto; microscopia electrónica de varrimento com espectrometria de energia dispersiva de raio-X e envelhecimento artificial. RESULTADOS: Ao DRX todos os implantes confirmaram a existência dos seus elementos base; o implante de zircónia obteve valores de rugosidade mais baixos na zona rugosa; a fracção monoclínica do óxido de zircónio apresentou-se superior à fracção tetragonal antes e após envelhecimento artificial; ao SEM o implante de zircónia mostrou grãos finos e arredondados. CONCLUSÃO: Associação entre o aspecto topográfico micrométrico como o aspecto nanométrico; observou-se a ausência de óxido na superfície do implante de titânio; verificou-se que a rugosidade do implante de zircónia é inferior aos implantes de titânio e de titânio-zircónio, sendo este último o que apresentou maiores valores de rugosidade; após envelhecimento, verificou-se que a percentagem de óxido de zircónio na fase monoclínica aumentou e se manteve acima da percentagem de fase tetragonal.
Data do prémio29 jul. 2015
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorTiago Marques (Supervisor) & Filipe Miguel Araújo (Co-Orientador)

Keywords

  • Cerâmica
  • Implante dentário
  • Zircónia
  • Titânio
  • Caracterização de superfície

Designação

  • Mestrado em Medicina Dentária

Citação

'