Carnaval de Torres Vedras
: uma questão de marca

  • Beatriz Estêvão Silva (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

As marcas e os eventos estão presentes na sociedade, de uma forma bastante evidente. Assiste-se a uma fusão entre ambos, marcas que criam eventos, eventos que se associam a marcas, mas existem eventos culturais que se podem tornar marcas? A presente dissertação pretende estudar o desenvolvimento de um evento cultural, a sua organização e a sua evolução para uma possível marca evento cultural, tendo como estudo de caso o Carnaval de Torres Vedras. Neste sentido, esta dissertação foca-se no estudo da evolução dos eventos culturais ena sua gestão enquanto marca. A metodologia utilizada para a validação das hipóteses será a do estudo de caso, utilizando métodos maioritariamente qualitativos, mas também métodos quantitativos, para a recolha de dados. Esta investigação permitiu validar as hipóteses dispostas: “o Carnaval de Torres Vedras é uma marca”, “um evento cultural pode ser gerido e transformar-se numa marca evento cultural”, e ainda, “uma marca evento cultural pode ser a alavanca para uma marca destino”.
Data do prémio26 fev 2021
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorJosé Manuel Seruya (Supervisor)

Keywords

  • Marca
  • Gestão de marca
  • Evento
  • Evento cultural
  • Marca evento cultural
  • Marca destino

Designação

  • Mestrado em Ciências da Comunicação

Citação

'