Como é que a relação fundador-colaborador em startups de base tecnológica tem sido estudada na literatura
: uma revisão sistemática de literatura

  • Lourenço Castello Branco Lope Cardoso (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

O principal objetivo do presente trabalho é responder à questão de investigação referente à forma como a relação fundador-colaborador em startups de base tecnológica tem sido estudada na literatura. Deste modo, foi realizada uma revisão sistemática de literatura na qual através do protocolo da RSL, foram eleitos 14 artigos sujeitos a análise. Tendo em consideração as especificidades das startups de base tecnológica, os resultados salientam alguns fatores importantes no estabelecimento de uma relação positiva entre os dois intervenientes, o colaborador e o fundador, nomeadamente tratar-se de uma relação informal, a conciliação entre a vida de trabalho com a vida pessoal, a implementação de estratégias que fomentem a manutenção de relações informais e o foco no equilíbrio da vida profissional e pessoal sendo estes, fatores influentes para o bem-estar e o desempenho dos colaboradores. Alem disto, o ambiente da empresa, a sua cultura e as recompensas e incentivos dados aos colaboradores revelam-se também ser fatores essências para o desenvolvimento de uma relação interpessoal e institucionalizada entre o fundador e colaborador em empresas startup.
Data do prémio14 jul. 2022
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorEva Dias de Oliveira (Supervisor) & Maria Isabel G. G. Castro Guimarães (Co-Orientador)

Keywords

  • Startup
  • Relação colaborador-fundador
  • Liderança

Designação

  • Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Citação

'