Comportamento delinquente e consumo de substâncias psicoativas ilícitas em jovens com inquérito/medida tutelar educativa

  • Diana Ricardina Soares Dias (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Este estudo tem como principal objetivo compreender a relação entre os comportamentos delinquentes e o consumo de SPA ilícitas em jovens com inquérito/medida tutelar educativa. Foi através de uma amostragem intencional que tivemos acesso à nossa amostra, que é constituída por 19 indivíduos, entre 12 e 16 anos de idade que têm ou já tiveram contacto com algum tipo de substância ilícita. E estudo recorreu a uma metodologia descritiva e qualitativa e os dados foram analisados através de análise de conteúdo e com o auxílio do software para análise de dados QRS Nvivo10. Observar-se que de fato existe uma relação entre a droga e o crime, entre as trajetórias criminais e as trajetórias de consumo de SPA, em que esta relação entre estas duas variáveis não é simples nem linear, mas complexa e múltipla, onde foi possível identificar a tipologia delinquente-toxicodependente. É percetível que esta população juvenil não é uma população totalmente desestruturada, têm maioritariamente situação socioeconómica ajustada, está inserida no ensino regular, têm competências escolares normativas, vinculação positiva, quebrando desta forma alguns estereótipos que relacionam jovens a famílias desestruturadas, assim como em que estes se encontram em situações socioeconómicas desajustadas, o que foi possível observar que não acontece.
Data do prémio31 jul. 2015
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorRaquel Matos (Supervisor) & Maria Carmo Carvalho (Co-Orientador)

Keywords

  • Jovens delinquentes
  • Uso de SPA ilícitas
  • Inquérito ee processos tutelares educativos

Designação

  • Mestrado em Psicologia

Citação

'