Crescer pelo desenho
: as capacidades expressivas do desenho como ferramenta possibilitadora desta educação

  • Pedro Miguel Miranda Falcão (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

Desde sempre, a arte foi questionadora e interventiva na história, teve um papel de intérprete mas também de crítica, expressou as inquietações mais profundas e inspirou mudanças pessoais e sociais. Esta mesma capacidade da arte intervir ou manifestar o “algo mais” de cada um de nós aponta para a pertinência de a relacionar com a educação em valores. Acreditamos ser uma das formas mais profundas e eficazes de trabalhar aquilo que cada ser humano considera de mais valioso para si mesmo: os seus valores. Questionamos sobre que mecanismos o ensino artístico possui para trabalhar com os alunos os valores que os rodeiam e que eles, criticamente, devem assumir ou rejeitar. Colocamos, como hipótese de partida, as capacidades expressivas do desenho como ferramenta possibilitadora desta educação. O nosso objetivo final é aferir, numa abordagem qualitativa, se os alunos manifestam uma interpretação diferente, sobre um dilema moral, após desenhar expressivamente essa situação.
Data do prémio2014
Idioma originalPortuguese
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorMaria Helena Cardoso Palhinha (Supervisor)

Designação

  • Mestrado em Ensino de Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário

Citação

'