CSR and firm performance
: an analysis during the COVID-19 pandemic

  • Ana Margarida Jesus Tavares (Aluno)

Tese do aluno

Resumo

A pandemia COVID-19, o fenómeno global mais recente, afetou a economia de várias maneiras e é muito mais do que uma crise na saúde. Este vírus afetou severamente a economia global e os mercados financeiros, com uma forte presença no momento em que este estudo foi escrito. Considerando todas as restrições impostas desde o início da pandemia, pode ser também considerada uma crise social e humana, pois também atinge os indivíduos, as suas relações sociais e seu estilo de vida. Este estudo procura analisar o papel que as práticas de RSE, que têm como objetivo promover o bem-estar das partes interessadas e das suas relações, desempenharam no desempenho das empresas durante um período de “distanciamento social” e aumento do isolamento social. Os resultados mostram que, num período económico mais estável, antes da pandemia, o papel das práticas socialmente responsáveis beneficia as empresas europeias, com uma relação positiva entre a RSE e a performance das empresas. No entanto, durante a pandemia COVID-19, o aumento das práticas de RSE tem um impacto negativo no desempenho das empresas e permite mitigar a volatilidade do retorno das ações.
Data do prémio28 jan 2022
Idioma originalEnglish
Instituição de premiação
  • Universidade Católica Portuguesa
SupervisorDiana Bonfim (Supervisor)

Keywords

  • Pandemia COVID-19
  • Práticas Responsabilidade Social e Empresarial
  • Confiança
  • Performance financeira

Designação

  • Mestrado em Finanças

Citação

'